implante zigomático

Um dos procedimentos mais sofisticados e tecnológicos da implantodontia é o implante zigomático. Entenda mais sobre:

O que é e para que serve o implante zigomático?

Implante zigomático é uma reabilitação oral que usa uma peça osseointegrável com um comprimento maior que o dos implantes tradicionais. Além disso, essa intervenção ocorre no osso do zigoma, que compõe a região do maxilar, e alcança a parte interna das maçãs do rosto. Produzido com titânio, um metal leve e muito resistente, o implante zigomático funciona como uma âncora para as próteses dentárias, especialmente em pacientes que não têm uma estrutura óssea para receber um implante tradicional.

 

Como o procedimento de implante zigomático é feito?

O procedimento requer a fixação dos pinos metálicos no osso zigomático, podendo o paciente receber a carga imediata ou a carga tardia, a depender do caso clínico apresentado ao  implantodontista.

 

Para quem o implante zigomático é indicado?

O implante zigomático é recomendado para pacientes que sofrem com a perda óssea maxilar ou, em outras palavras, quando a pessoa tem pouco osso disponível para a instalação de um implante convencional. A técnica, em geral, é realizada em apenas uma sessão, na qual o paciente recebe anestesia, sendo acompanhado por uma equipe multidisciplinar.

Quais são as principais vantagens do implante zigomático?

O procedimento é um dos mais tecnológicos e tem uma série de vantagens para o paciente, como:

rapidez na colocação da prótese;
melhor custo-benefício;
cirurgia menos invasiva;
procedimento mais seguro;
menor tempo de reabilitação oral.

Em todo caso, é fundamental contar com a ajuda de um dentista experiente para avaliar o quadro clínico e indicar o melhor tratamento de reabilitação oral. Vale ressaltar que o procedimento com implante zigomático requer alguns cuidados no pós-operatório, para que haja a integração entre a peça e a estrutura bucal.

 

implantes zigomáticos

implantes zigomáticos